Confira a entrevista com a Patrícia, da Incantare Boutique

publicado em 26 de maio de 2021

Hoje, a CDL conversou com a Patrícia Santos, sócia-proprietária da Incantare Boutique, que vende belíssimas roupas femininas e masculinas. Ao lado da sócia, Daniela Silva, ela vem enfrentando com coragem e criatividade a crise trazida pela pandemia. Vale a pena conferir na íntegra essa entrevista que revela alguns segredinhos das duas empresárias, que já estão há 15 anos em Nova Serrana.


CDL - Como a Incantare se preparou para o Dia das Mães?

Patrícia da Incantare - O dia das mães foi preparado com muito amor e entusiasmo pela nossa equipe. Dany e eu tiramos fotos com nossos filhos para nos conectarmos com os clientes de forma mais afetiva e amorosa. Criamos o nosso kit Mommy, feito com embalagem personalizada. Por meio desse kit, fizemos mais que vendas; nós representamos todo o afeto que a data merece.


Eu mesma fiquei surpresa e emocionada ao receber o Kit do meu filho. Ao me entregar ele disse “mamãe você acha que quem comprou o kit gosta muito de sua mãe?”. Nesse momento não contive as lágrimas e percebi que realmente nossa campanha mexeu com as pessoas.


CDL – A data superou suas expectativas?

Patrícia da Incantare - Poderíamos ter pensado nesse kit com mais antecedência. Certamente teríamos feito mais vendas, mas serviu de aprendizado. Mesmo assim, nosso mês de maio superou todas as expectativas. Vendemos mais que num Dia das Mães de antes da pandemia.


CDL – Essas vendas foram suficientes para suprir o prejuízo causado pelo último fechamento das lojas?

Patrícia da Incantare - Em parte sim, mas isso tudo só foi possível porque nos desdobrarmos, inovamos, colocamos a “cuca” para funcionar e driblamos o pouco tempo.


DICAS DE COMO VENCER A CRISE TRAZIDA PELA PANDEMIA


CDL - O que você e Daniela mudaram na Incantare por causa pandemia?

Patrícia da Incantare - Tivemos que sair do comodismo para inovar. Tivemos que aprender a usar todos os meios tecnológicos. Para isso começamos a fazer cursos que abriram nossos horizontes. Também começamos a elaborar conteúdos diversificados e a postar nossos produtos todos os dias. Então mesmo na pandemia, fechando os crediários, nós estamos vencendo. E não vamos desistir, nunca!


CDL - Quais novidades vocês implantaram na Incantare para continuarem vendendo?

Patrícia da Incantare - Nos tornamos “blogueiras” da nossa loja. No início achávamos impossível, principalmente por não termos o “corpo ideal”, e também porque morríamos de vergonha. Mesmo assim começamos a mostrar as roupas no nosso corpo, do nosso jeito mesmo. E para nossa surpresa essa iniciativa foi bem aceita pelos clientes.


CDL - A pandemia trouxe algo de bom para a Incantare?

Patrícia da Incantare - Jamais vivemos uma crise assim, mas com ela estamos aprendendo muito. Nós nos reinventamos. É assim que nossa empresa enfrentou e enfrenta a pandemia. Não foi fácil e nunca será, pois a tecnologia nos engole a cada dia. Mal sabíamos fazer uso da internet, vivíamos na era dos dinossauros. Mas para salvar nosso sonho de 15 anos enfrentamos nossos medos de errar e do julgamento.


ESTÁ CHEGANDO O DIA DOS NAMORADOS E A CHANCE DE VENDER MAIS


CDL - Qual sua expectativa de vendas para a data?

Patrícia da Incantare - Vamos bombar! Esperamos vender muito mais do que antes da pandemia, pois, agora vimos que ficar no comodismo não gera vendas, não gera empregos e não realiza sonhos.


CDL - O que planejou para encantar seus clientes e vender mais?

Patrícia da Incantare - Voltamos nossa campanha para a essência, para o humanismo, para aquilo que a pandemia nos tomou: o estar juntos. Então, vamos contar lindas histórias de amor vividas por alguns de nossos clientes, os eternos “namoridos”. Além disso, abastecemos nossa loja com presentes especiais. Também investimos em marketing, vitrines e postagens românticas que remetem ao clima do momento.


CDL – Você acredita que a data trará recuperação para os lojistas de Nova Serrana?

Patrícia da Incantare - É o momento oportuno para alavancar nossas vendas, mas, vai depender do esforço e da motivação de cada um. O momento requer mudanças e cada um poderá escolher entre sair de onde está ou ser engolido pela onda.


Qual sua expectativa para os próximos meses?

Patrícia da Incantare - A crise está aí, não tem como mudar. Então a melhor forma é encará-la de frente, lutar e viver um dia de cada vez. Todos os dias temos a oportunidade de mudar ou acrescentar algo novo na nossa empresa e acreditamos que fazendo isso, dias melhores virão.



27 visualizações